FGV: tarifas de telecom sobem pouco para as famílias de baixa renda

08/01/2016

Os preços dos serviços de comunicação, incluindo telefonia celular e banda larga, foram os que menos subiram em 2015 segundo levantamento da Fundação Getúlio Vargas. A instituição mediu a inflação da baixa renda, pelo Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), e constatou que a alta média de help preços foi de 11,52% no acumulado do ano, enquanto os serviços de comunicação subiram 1,11%. Índices como os de habitação e de transportes, que subiram 14,6% e 13,2%, respectivamente.

Leia mais...

Preço dos serviços de comunicação sobe 2,11% em 2015

08/01/2016

A inflação fez com que os serviços de comunicações ficassem mais pesados para o bolso dos consumidores brasileiros em 2015, principalmente para a população de baixa renda, embora o aumento tenha sido menor do que o registrado em demais grupos na economia do País. O IBGE divulgou nesta sexta-feira, 8, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro do ano passado, que mostra que foi registrada uma variação menor nos preços dos serviços de comunicação: caiu de 1,03% em novembro para 0,43% em dezembro, resultando assim em um impacto menor no índice geral: de 0,04 ponto percentual (p.p.) para 0,01 p.p..

Leia mais...

Serviços de telecom pesam menos na inflação da baixa renda em 2015

08/01/2016

SÃO PAULO - O preço dos serviços de comunicação, incluindo telefonia celular e banda larga, foi o que menos subiu para a baixa renda (famílias entre 1 e 2,5 salários mínimos) em 2015, segundo o Índice de Preços ao Consumidor — Classe 1, calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A inflação medida pelo IPC-C1 foi de 11,52% no ano passado, enquanto os preços de serviços de comunicação avançaram 1,11%. Setores como habitação e transportes lideraram as altas, com variação positiva de 14,6% e 13,2%, nesta ordem.

Leia mais...

Banda larga 4G cresce 308% em 12 meses, diz Telebrasil

07/12/2015

O número de acessos em banda larga móvel pela tecnologia 4G cresceu 308% em 12 meses e chegou a 20,4 milhões em todo o Brasil, em outubro. Os dados fazem parte do levantamentoda Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), divulgado nesta segunda-feira, 7.

Segundo o estudo, a banda larga móvel, considerando os acessos em 3G e 4G, se manteve estável em 200,5 milhões de viagra on line canada acessos. E, desde outubro de 2014, houve um crescimento de 29%, com 45 milhões de novas ativações.

Leia mais...

Brasil já tem mais de 20 milhões de acessos em 4G

07/12/2015

O número de acessos em banda larga móvel pela tecnologia 4G chegou a 20,4 milhões em todo o país, de acordo com o levantamento do mês de outubro da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).

Nos últimos 12 meses, a banda larga 4G cresceu 308%, com a ativação de 15 milhões de novos acessos.

No entanto, considerando os resultados em 3G e 4G, o número de acessos em banda larga móvel se manteve estável, com 200,5 milhões.

Leia mais...

País terá oportunidades na evolução da internet das coisas se enfrentar desafios, dizem especialistas

26/11/2015

O Brasil tem grande oportunidade de se sobressair na evolução da internet das coisas (IoT, na sigla em inglês), mas precisa enfrentar enormes desafios para isso. A afirmação é do presidente-executivo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), Sérgio Paulo Gallindo, que falou nesta quinta-feira, 26, em audiência pública na Câmara dos Deputados sobre o tema. Para ele, o primeiro passo será o engajamento do governo, parlamentares e empresários nesse projeto.

Leia mais...

M2M: Teles pedem benefício fiscal também para as máquinas POS

26/11/2015

As operadoras de telecomunicações, por meio do Sinditelebrasil, pediram a parlamentares da Comissão de Ciência e Tecnologia que tratem da regulamentação de dispositivos máquina a máquina com ‘carinho’ para viabilizar esse mercado no Brasil.

Na conta das empresas, mesmo com a atual redução de Fistel para certos tipos de best online perscriptions for viagra diagnosis M2M, praticamente não há incentivo à disseminação desse tipo de comunicação, em geral apelidada de ‘internet das coisas’. É que a receita média de R$ 5 por mês cai para R$ 4 com os tributos.

Leia mais...

Pagina 1 de 225

Localização FEBRATEL

foto-localizacao-telebrasil


Avenida Pasteur, 383, parte - Urca 
CEP: 22290-240 Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2244-9494  Fax:(21) 2542-4092

Fique Informado!

Cadastre-se para receber nossas novidades.

Visite o nosso canal do Youtube

botao youtube2





Recomende aos amigos!