Usar recursos do Fust para subsidiar o diesel é desconectar brasileiros

release-009Brasília, 04/07/18 – Em comunicado publicado na edição de hoje dos jornais Correio Braziliense, Folha de S. Paulo e Valor Econômico, o setor de telecomunicações afirma que usar recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) para subsidiar o diesel é optar pelo caminho do atraso, da desconexão dos brasileiros. A Febratel defende o uso dos recursos dos fundos setoriais para a inclusão social e para levar os serviços de telecomunicações a distritos e regiões remotas que hoje estão sem cobertura.
Leia a íntegra do comunicado:
“Ao destinar os recursos do Fundo de Universalização dos Serviços Telecomunicações (Fust) para subsidiar o diesel, como decidiu o governo, o Brasil estará optando pelo caminho do atraso, da desconexão dos brasileiros.
Há anos o setor alerta para a necessidade do uso dos fundos, incluindo o Fistel e o Funttel, para a ampliação do acesso à internet. Mas desde a sua criação, no ano 2000, nem um real, de um total de R$ 21 bilhões arrecadados, foi utilizado para o objetivo principal, que é a universalização dos serviços.
Essa taxa pesa ainda mais no bolso do cidadão, já prejudicado por tantos impostos, que representam mais de 50% da conta. Ao todo, são recolhidos cerca de R$ 60 bilhões ao ano com tributos. São R$ 7 milhões por hora. E com essa decisão, cada um dos 235 milhões de celulares vai financiar também o desconto no diesel.
Esta é uma equação que não fecha mais. Precisamos usar esses recursos para incluir pessoas e levar os serviços a distritos e regiões remotas, hoje sem cobertura.
Conectar os brasileiros deve ser a prioridade do País.”

Localização FEBRATEL

foto-localizacao-telebrasil


Avenida Pasteur, 383, parte - Urca 
CEP: 22290-240 Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2244-9494  Fax:(21) 2542-4092

Fique Informado!

Cadastre-se para receber nossas novidades.

Visite o nosso canal do Youtube

botao youtube2





Recomende aos amigos!